principal
   artigos
   technik
   encontros
   eventos
   propagandas
   loja virtual
   fórum
   contato
   equipe
   parcerias



 

 


vai para a página inicial da volkspage
 
 

Bentley Jubileu de Ouro

Texto e Edição: Ignacio Montanha
Imagens: Divulgação Bentley

Data: 20 de Dezembro de 2002


Recentemente durante as comemorações do Jubileu de Ouro, mais precisamente dia 29 de maio de 2002 a Rainha Elizabeth foi presenteada com um novo veículo de estado, o primeiro Bentley a servir a família real.

Segundo a Associação Britânica de Imprensa (UK Press Association), durante as comemorações a Rainha após receber o Bentley, gastou alguns minutos conhecendo o "presente" e expressou-se estar visivelmente impressionada.

Desenhado e projetado para resistir no mínimo a 25 anos e 200 mil km, esse Bentley foi o primeiro carro real britânico construído usando técnicas de CAD (Computer Aided Design).


Primeiramente o novo Bentley difere dos outros veículos reais por ter sido projetado e construído com um propósito próprio, ao contrário dos outros automóveis oficiais que não passam veículos normais de produção apenas com algumas modificações para a transportar os membros da família real durante comemorações ou viagens.

Segundo o executivo chefe da Bentley Franz-Josef Paefgen, o modelo é o mais magnífico já produzido nas instalações da Bentley, em Crewe.

O novo Bentley Jubileu de Ouro, é resultado da inspiração do diretor de desenho da Bentley Dirk van Braeckel em conjunto com o estilista Crispin Marshfield, também responsável pelo desenho exterior cujo projeto se iniciou fevereiro de 2000. Além dos profissionais envolvidos no projeto, a Bentley recebeu também as sugestões da Rainha Elizabeth, do Príncipe Phillip e até do "chauffer" da família real.


Clique nas imagens para visualizá-las em seu tamanho real

 

Sendo um veículo atual, o modelo possui carroceria monobloco. O propulsor é um mistério, mas algumas fontes revelam que debaixo do capô está o tradicional e torcudo V8 de 6.75 litros turbocomprimido. Que graças a intervenção da Volkswagen voltou a equipar todos os modelos Bentley, antes da investida de Piëch, esses tradicionais modelos estavam sendo equipados com o V8 da BMW. 

Esse motor garante ao veículo uma velocidade máxima de 192 km/h; isso num veículo que ultrapassa a barreira das 3 toneladas, já que a blindagem não foi esquecida por razões óbvias.

Devido a exclusividade do único exemplar construído muitos dos detalhes foram omitidos, como por exemplo o acabamento interno onde foto alguma fora divulgada, apenas o que se sabe é da existência de duas poltronas traseiras com amplas e variadas regulagens para garantir o conforto seja da Rainha Elizabeth ou do Duque de Edinburgh.

O modelo agora faz parte da frota de carros oficiais de estado que atualmente é constituída por 8 veículos; 5 Rolls-Royce; 2 Daimler e é claro o novo Bentley.

 

Imperdoável seria confundir o Bentley Jubileu de Ouro com qualquer outro modelo da linha Arnage, pois as linhas são específicas, a começar pelos faróis e além disso grande parte das soluções encontradas no desenho do modelo são diferenciadas. Enquanto isso, existem publicações confundindo o modelo da Rainha com o novo Arnage Mulliner apresentado como protótipo no Salão de Paris em setembro.

Para resolver essa questão, confira abaixo as fotos e informações sobre o Arnage Mulliner.

Bentley Arnage Mulliner

 

Para complementar o artigo, sem confusão com o modelo da Rainha não poderiam faltar informações sobre o Bentley Arnage Mulliner.

Há muito tempo a Bentley monta veículos exclusivos em associação com a Mulliner. Como já foi dito, em setembro deste mesmo ano no Salão de Paris foi apresentado o protótipo Arnage Mulliner e após estudar a receptividade do modelo a montadora resolveu produzir o modelo.

Veja no quadro abaixo 3 imagens de modelos construídos em associação com a Mulliner:

Bentley Continental Mulliner e Azure 2001 Symbolic Edition 

 

Com 728mm de comprimento, o Arnage Mulliner concorrerá diretamente com os 2 modelos apresentados pela Maybach, o 57 e o 62.

No interior como em todo Bentley há o predomínio de madeira de lei, couro e outros materiais de produção artesanal, mas apesar de todo o classicismo do modelo, a tecnologia não foi deixada de lado pelo menos a serviço dos passageiros.

Desde os Bentley mais "baratos" a customização é quase infinita, ou seja o carro é construído de acordo com a vontade ou o sonho do cliente. É o que acontece no Arnage Mulliner, que ainda possui mais opções que o outros modelos da marca.

 

O motor é o tradicional 6.75 litros que gera 400cv e utiliza um câmbio automático de marca ZF. O monobloco, que com o alongamento tende a flexionar mais facilmente, foi reforçado pelos engenheiros da Mulliner de modo a manter um nível de rigidez torcional comparável aos veículos de luxo lançados recentemente, além é claro do reforços nas suspensões e freios, como seria de se esperar em qualquer veículo modificado em relação ao modelo base.

Motor V8 6.75 Turbo
 800x 600 pixels 1024x728 pixels

 

Enfim, o concorrente Maybach pode ser superior em grande parte dos quesitos mas ainda fica atrás no acabamento interno com o bom gosto e a combinação de materiais nobres de produção artesanal, tradicionais de alguns fabricantes britânicos, superando em grande estilo a frieza do interior dos veículos alemães.


Alguns detalhes internos do Arnage Red Label 2001




© 1997-2018 - Todos os direitos reservados