principal
   artigos
   technik
   encontros
   eventos
   propagandas
   loja virtual
   fórum
   contato
   equipe
   parcerias



 

 


vai para a página inicial da volkspage
[[ Golf IV - Tipo 1J]]

Ignacio Montanha Teixeira Marques
Data: 14/10/2004

Em 1974 surgia na Alemanha, para substituir o Fusca, um carro compacto, ágil devido ao baixo peso, confortável e econômico, surgia assim o GOLF, com apenas 3705 mm. de comprimento, um pouco menor que o Gol (3880 mm). Como curiosidade, a 1ª. Geração do Golf ainda é fabricada na África do Sul com algumas modificações mínimas e com o nome de CHICO ou CITI GOLF dependendo da versão e época.

O Golf, em sua primeira geração, já era equipado com motor transversal permitindo assim um habitáculo com maior aproveitamento de espaço, e foi um sucesso instantâneo. Em 1975 foi lançado o Golf nos EUA, mas com o nome de RABBIT, sua frente aos invés de faróis redondos, possuía faróis quadrados. Em 1976 surgia a versão esperotivo que deu inicio aos "Pocket-Rockets" (Foguetes de Bolso) e assim surgiu a sigla GTi, o modelo em sua primeira geração era equipado com um motor 1.6 com 110 hp de potência, contra 70 cv da versão 1.5 normal.

Esse sucesso continuou durante a segunda, terceira e continua até hoje em sua quarta geração. Esse sucesso é tão grande, que a Audi não perdeu tempo, e lançou o A3, para fazer frente na categoria dos compactos premium, ocupando um posto acima do Golf, e também é um sucesso, usando a plataforma do Golf IV. Enfim, logo foram surgindo vários veículos das outras subsidiárias, como o Seat Leon e Toledo e Skoda Octavia e Octavia Combi.

Hoje o Golf é fabricado em São José do Pinhais - Paraná, dividindo a linha de produção com a Audi que monta o A3.

O novo Golf não possui farol, e sim conjunto ótico, pois ali estão agregados, pisca, farol de neblina, farol baixo e farol de luz alta, todos em refletores independentes.

Aqui no Brasil, o Golf está sendo produzido com os seguintes motores: 1.6 com 101 cv, 2.0 com 115 cv e 1.8 Turbo com 150 e 180 cv e 1.9 TDi com 100cv (Exportação). Na Alemanha ele é produzido na versão conversível, também sendo produzido no México para abastecer principalemente o mercado norte-americano; o Golf conversível ou Cabriolet foi desenvolvido pela Karmann.

Na Europa ele é produzido com os seguintes motores: 1.4 com 75 cv, 1.6 com 105 cv, 1.8 Turbo com 150 cv e 180 cv, 1.8 20v com 125 cv, 1.9 TDi com 90 cv, 110 cv, 115cv, 130cv e 150cv, V5 com 170 cv e 2.8 V6 24 v com 204 cv e 3.2 V6 com 240cv, em algumas versões a tração integral 4motion é disponível como opcional ou é de série como na versão R32.

   
   

Apenas para o mercado norte-americano foi disponível o VR6 12v de segunda geração, mas ao serem iniciadas as atividades na Planta em São José dos Pinhais - PR, que ficou responsável pelo abastecimento de alguns mercados. Logo passou a ser montado por aqui também o VR6 2.8 24v, mas com 200cv, tirando o VR6 12v de linha. No Brasil esse motor foi disponível numa série especial com 99 unidades produzidas e 97 comercializadas ao publico comum.

   

O Golf IV possui carroceria totalmente galvanizada, com garantia de 12 anos contra corrosão; seu monobloco possui deformação programada em caso de colisões. O Golf possui Air-bag duplo frontal e lateral. O air-bag lateral no Brasil só está disponível na versão 1.8 Turbo, enquanto na Europa o air-bag lateral é disponível desde a versão mais barata; também foi disponivel o window-bag.

Sua suspensão é Independente tipo MacPherson com barra estabilizadora na dianteira e semi-independente com eixo de torção com barra estabilizadora e molas e amortecedores montados separados na traseira, para a otimização do espaço interno.

O Golf IV foi considerado o Melhor Carro do Mundo pela revista Alemã Auto Motor und Sport após seu lançamento em 1997, no Brasil ele já foi considerado o melhor da categoria segundo a Revista Motor-Show e ganhou vários comparativo, além de muitos outros prêmios pelo resto do Mundo.

O seu design é moderno, limpo e transpira robustez, com faróis arredondados e a coluna traseira larga, mantendo as linhas básicas traçadas por Giorgio Giugiaro na primeira geração e que lhe tornaram conhecido, por ser uma referencia de sua categoria, as soluções acabam se tornando "standard" no mercado, passando a ser encontradas posteriormente nos concorrentes, mas os mesmos não conseguem obter o mesmo sucesso.

O interior é um show, o painel de instrumentos com iluminação azul e vermelho, a mesma usada em alguns aviões, pois o contraste entre as cores acaba tornando a visualização mais fácil e rápida, alguns não gostam por se tornar cansativa se não ajustada de acordo.

O acabamento interior é da melhor qualidade sendo que possuem melhor montagem e materiais que alguns veículos de categoria superior.

O espaço interno foi melhorado pelas maiores dimensões da plataforma da geração IV em comparação com a III geração, o acabamento foi otimizado consideravelmente, chegando ao ponto de oferecer acabamento em madeira real no interior, coisa que acontece desde o lançamento do VR6 Highline ainda na terceira geração, enquanto os concorrentes usavam e ainda usam imitação de madeira feita de plástico em seus veículos. O conforto não foi esquecido, sendo logicamente atualizado aos novos padrões da categoria, enfim praticamente tudo foi modificado ou melhorado com o intuito de continuar sendo a referência de sua categoria.

O Golf IV e o Audi A3 são os carros mais seguros do Mundo na categoria dos médios compactos, superando Opel Astra, MB Classe A, Ford Escort e Focus, segundo o crash-test realizado com a supervisão do instituto Euro NCAP.

Nedidas do Golf IV:

Ficha Técnica detalhada dos motores disponíveis no Brasil:

1.6 - Esse motor (EA-113), 1.595 cm3 de oito válvulas e coletor de admissão variável possui 100 cv aqui no Brasil devido a gasolina que é uma porcaria, enquanto na Europa ele desenvolve 101 cv com um pouco mais torque. O torque desse motor é de 14,5 kgfm a 3.800 rpm, esse "motorzinho" com alma de motor de maior cilindrada pode ser comparado ao GL 1.8 do Golf III geração, que era importada para o Brasil. O Golf com motor 1.6 acelera de 0 a 100 Km/h em 10,9 segundos e chega a 188 km/h de velocidade máxima. Seu consumo médio é de 9,5 Km/l na cidade e 16,9 Km/l na estrada. Posteriormente esse motor foi substituido por um novo projeto, chamado de EA-111, com 1.599cm3, 8 válvulas por cilindro, acionadas por balancins roletados, a ECU teve sua capacidade de processamento aumentada de 16 para 20MHZ, com isso, mesmo sem o coletor de admissão variável, a elasticidade foi ampliada nos regimes mais baixos, traduzindo numa maior eficiência e com redução no numero de peças, 101 a 5500rpm e 14.2 kgmf a 3.250rpm. O desempenho foi mantido praticamente inalterado com ligeira melhora nos tempos de retomada, com a vantagem de um melhor acerto nas relações com o uso do novo cambio MQ-200, o consumo de combustível continuou idêntico..

2.0 - Um ótimo motor para aqueles que apreciam uma dirigibilidade calma e com poucas reduções, graças á grande porcentagem do torque já estar disponível nas rotações mais baixas, com 115 cv e 17 kgfm de torque a apenas 2.400 rpm, o que lhe garante uma elasticidade ímpar. A aceleração de 0 a 100 Km/h é realizada em 10,5 segundos, alcançando 195 km/h de velocidade máxima. Seu consumo médio é de 9,2 Km/l na cidade e 16,1 Km/l na estrada.

1.8 Turbo - O motor preferido dos preparadores europeus e norte-americanos devido á facilidade e resultados atingidos desde os upgrades mais simples; com uma preparação média é fácil chegar aos 230cv, mas ainda distante de todo o seu potencial. Com 20 válvulas e turbo (K-03) ele rende 150 cv, com um torque de 21 kgfm entre 1.750 e 4.600 rpm; acelerando de 0 a 100 Km/h em 8,5 segundos e alcançando 216 Km/h de velocidade máxima. Seu consumo médio é de 9,3 Km/l na cidade e 16,4 Km/l na estrada. Posteriormente o motor da versão GTi, passou a dispor de 180cv e 24kgmf de torque a 1.950rpm, o que garantia uma aceleração de 0 a 100 em 7.8 segundos e velocidade final de 227 km/h.

Além do sedã Bora e Bora Variant que possuem algumas modificações internas e externas, também existe a versão perua do Golf IV, chamada de Golf Variant.

 
 voltar aos artigos

© 1997-2018 - Todos os direitos reservados